O CIRCO NA AMÉRICA

Inspirado na viagem real de Marcelo de Troi em 2012 à America, quase canonizado nessa série ‘Road Movie’, transformado em fricção remixado 2015. Entretenimento pra um viajante em terra estrangeira.

11046393_553918404751116_2562602069060961074_o

O CIRCO NA AMÉRICA

O despacho esta enterrado no Tennesee
num terreno baldio
a cabra vadia foi testemunha
antes de partir
num muro desenhou caralhinhos

caiu na estrada
seguiu em frente como foi recomendado

pegou carona com uma trupe circense
sacolejou num caminhão cheio de bichos

Se apesentou
em cinco linhas sintetizou
sua vida, seu samba-enredo
logo se enturmou.
gostaram da sua sinceridade desbundada
foi contratada

chimpanze-imperatriz

em Kentucky
lavou a lona do circo
deu banho nos elefantes
alimento pros leões dentro de jaula
acarinhou três tristes tigres
limpou cocos das feras
deu bananas pra macacos
leite pra 7 gatinhos

na cozinha

estrangulou uma galinha com as próprias mãos,
depenou, junta por junta desmembrou,
misturou Minas e Bahia nas panelas
impressionou
elogios e quatro exclamações
delícia !!!!

ganhou respeito dos machos,
admiração das fêmeas
encantou o mágico,
fez rir até o palhaço.

narrou Fellini como contadora de história
Cabíria, A Estrada, E la Nave Vá:
em 3 em 1 para ouvidos atentos
e alguns anões de olhares vibrantes

jogou futebol com os meninos
costurou figurinos das bonecas
martelou o palco de madeira,
era arteira,

dormiu com o equilibrista da corda bamba
beijou o vilão atrás do banheiro químico
roçou com o malabarista debaixo da arquibancada,
fez 68, 69, 88, 2011 com o contorcionista
cantou bossa nova pros malabaristas
sonhou com o seu American Way Love deitada na esteira,

vendeu ingressos na bilheteria
foi coadjuvante num número cômico
arrancou risos do público
uma semana depois desmontaram tudo

20109_600554393420850_7416123237307910116_n

na Carolina do Norte
entrou em cena montada num elefante
engoliu a espada quase inteira
soltou fogo pela boca, pelas ventas
foi a moça cortada em três partes dentro da caixa preta,

foi promovida

na Geórgia
entrou em cena com um maiô brilhante
ouviu fius fius fius de adolescentes brancos
recebeu pedido de casamento de um fazendeiro
acompanhado de um colar de falsos diamantes

na Flórida,
o celular finalmente tocou,
a voz metálica d’outro lado lembrou-lhe que era estrangeira,
inserida na realidade cotidiana do solo americano

terei que ir

pragmática fez a mala
despediu-se todos
tristonha beijou bocas e bochechas
rindo acariciou os bichos
lagrimando abraçou o palhaço
e antes de definitivamente partir,
disse um adeus especial para o mágico mascarado

no treme treme dentro do trailler viu  que pras picas há vida após a morte inúmeras vezes.

Vagner Luís Alberto/2012- Março 2015

Circus tent tops

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “O CIRCO NA AMÉRICA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s